Young killer[Capítulo 1: Matar, matar, matar...]

    Compartilhe
    avatar
    jodzin
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 39
    Data de inscrição : 29/11/2012
    Localização : Inferno

    Young killer[Capítulo 1: Matar, matar, matar...]

    Mensagem por jodzin em Qui Nov 29, 2012 12:33 pm

    Capítulo 1: Matar, matar, matar...

    Ricky estava se arrumando como sempre para ir para escola. Após descer as escadas, sua mãe gritou:
    - Ricky, não ques comer?
    - Não, já estou um pouco atrasado. - Grita Ricky, abrindo a porta da sala.
    Ricky colocou seu fone de ouvido e foi escutando musica até a escola, e como sempre, dava de cara com o seu melhor amigo, Bart Oliver e sua irmã, Cecilia Oliver.
    - Olá Ricky. - Falou Cecilia, rindo.
    - Oi. - Diz Ricky.
    - E ai. - Disse Bart, mas Ricky não respondeu nada.
    Continuaram indo e conversando até a escola. Após varias aulas, bateu o sino do recreio e Ricky apenas foi comer seu lanche sozinho. No terraço, como de costume. Ao chegar no terraço apenas sento-se. Logo quando pegou o segundo sanduiche, três garotos apareceram, e um deles falou:
    - Dá essa merda pra nós.
    Ricky apenas ignorou e começou a comer. Então o mesmo que mandou ele dar o sanduiche, deu um tapa na mão de Ricky fazendo que o sanduiche caisse no chão.
    - Não escutou o que eu disse? Seu merdinha. - Disse o mesmo que derrubou o sanduiche no chão.
    Ricky o ignorou novamente. Então com muita raiva, os três começaram a bater em Ricky. Após perceberem que quebraram o nariz de Ricky. Pararam de bater e um deles falou:
    - Isso é para aprender a não nós ignorar.
    Então os três garotos sairam. Ricky se levantou e começou a sentir um odio, um odio que ele não sabia o que era. Em sua mente, enquanto ia a enfermaria, só vinha a mesma palavra: "Matar, matar, matar...". E assim foi até ir dormir. Mal conseguiu dormir. Foi acordado por sua irmãzinha que estava doente.
    - Mano, mano. - Dizia sua irmãzinha.
    - Sim? - Diz Ricky.
    - Você está bem? - Diz sua irmãzinha, apontando para seu nariz quebrado.
    - Sim. - Diz Ricky. - Sou vou ficar um pouco de repouso, então vá brincar.
    Sabádo e Domingo passaram rapido e logo já era segunda. Ricky se levantou da cama e foi até o banheiro escova os dentes. Ao chegar no banheiro, Ricky escorrega e bate com sua mão no vidro, mas foi com tanta força que acabou quebrando o vidro, e cortou a sua mão. Ricky olhou para sua mão, cheia de sangue. Mas não sentiu dor, sua mãe aparece na porta e grita:
    - Meu deus, Ricky. Como você fez isso?
    - Apenas escorreguei. - Diz Ricky, sorrindo.
    Sua mãe corre para pegar coisas para fazer seu sagramento parar. Então Ricky, vai com a mão enfaixada para a escola. Ao encontrar com Bart e Cecilia. Cecilia pergunta ao ver seu machucado.
    - O que aconteceu com sua mão?
    - Escorreguei no banheiro e dei com a mão no espelho, só que foi com força, então o espelho quebrou e cortou minha mão. - Responde Ricky.
    - Doeu muito? - Pergunta Cecilia.
    - Não. - Diz Ricky. - Nem doeu para falar a real.
    - Até parece. - Diz Bart, bem baixinho e começando a rir.
    Continuaram indo e conversando normalmente, até entrarem na sala de aula. No recreio, Ricky foi ao mesmo lugar de sempre. Mesmo sabendo que poderia apanhar novamente. Os três garotos apareceram novamente, e um deles falou:
    - Querendo apanhar novamente?
    Ricky apenas ignorou.
    - Ah! Tá com a "patinha" machucada, é?
    Ricky se levantou, e foi em direção a um deles. Ao chegar perto, fala:
    - Cala tua boca, se não, eu vou acabar com você.
    O garoto virou e tentou acertar Ricky, que se abaixa e depois da uma joelhada na barriga, e depois sai correndo. Os três começam a correr atrás de Ricky que consegui fugir.
    - Três contra um, é injustiça. - Ricky pensa, enquanto recupera o folêgo.
    Um deles avista Ricky e grita:
    - Ali tá ele.
    Ricky após escutar, sai correndo novamente. Ricky acaba sendo cercado.
    - E ai. - Fala um deles, enquanto estrala os dedos.
    Ricky fecha os punhos e espera eles vim. Quando um corre para dar um soco em Ricky. Ricky apenas desvia, e me uma porrada com tanta força na costela do garoto, que faz ele ir pro lado, reclamando de dor. Mas enquanto Ricky cuidava de um, o outro acerta um soco, que faz Ricky se desenquilibrar e cair no chão. Ricky se levanta o mais rapido possivel e bate com as costas na parede. O que havia tomado a joelhada, começa a meter varios socos no lado da cara do Ricky, fazendo sua boca se cortar e começar a sangrar, no momento que ele se distrai, Ricky chuta o joelho do garoto, e depois da um soco na cara dele, e depois escapa e começa a correr. O sino então bate, e Ricky volta para sala. Bart vê que a boca de Ricky está sangrando e pergunta:
    - O que aconteceu?
    - Me bateram, mas consegui fugir. - Diz Ricky.
    Após bater o sino para ir embora, Ricky nem esperou Bart e Cecilia, foi embora sozinho. Ao chegar em casa, foi direto se deitar. Ao anoitecer, Ricky foi para sua cama, levando sua irmãzinha no colo, pois havia dormido no sofá. Após colocar sua irmãzinha na cama, foi dormir também. Ou melhor, esperou sua mãe ir dormir. Logo depois que sua mãe dormiu, Ricky desceu as escadas lentamente, e pegou uma faca que havia na cozinha, pegou um pano, e pego um par de luva e colocou em sua mochila. Ricky deu um sorrisso tenebroso e subiu a escada, e foi dormir. No outro dia, foi para escola, e ficou esperando os garotos, logo quando eles apareceram Ricky se levantou e falou:
    - No final da aula, atrás da escola.
    - Tá bom. - Diz um dos garotos.
    Ao chegar o final da aula, Cecilia e Bart, pensaram que Ricky já havia ido embora, e foram sozinhos. Ricky então ficou esperando os garotos. Depois de uns 3 minutos, eles apareceram.
    - Pode vim os três. - Diz Ricky com um sorrisso maléfico.
    Os garotos então cercaram Ricky. Então Ricky puxou uma faca, e cortou a garganta de um, o outro se assustou e caiu de bunda no chão, então Ricky enfencou a faca em seu coração, então o outro saiu correndo, mas Ricky era mais rapido e conseguiu agarra-lo e derruba-lo no chão, e depois enfencou a faca em seu pescoço. Ricky então saiu correndo, e fugiu da escola, sem que ninguém o visse. Ao amanhacer, estava passando uma reportagem, dizendo que três garotos haviam morrido em uma escola. Ricky apenas se levantou, pegou sua mochila e saiu. Ao chegar na escola, se encontrou com o Bart e Cecilia, e Bart não parava de olhar para Ricky. Ricky começou a desconfiar que Bart sabia de algo, ou que ele estava "tentando" investigar o caso, mas Ricky nem ligou só foi entrando na escola.
    avatar
    ash br
    Encosto
    Encosto

    Mensagens : 62
    Data de inscrição : 03/11/2012
    Localização : Unova

    Re: Young killer[Capítulo 1: Matar, matar, matar...]

    Mensagem por ash br em Seg Dez 03, 2012 7:37 pm

    Cara,muito bom,porém organina como esta pedindo ,Contunue porque esta muito bom.


    _________________
    [Somente administradores podem ver esta imagem]

      Data/hora atual: Seg Dez 17, 2018 7:20 am