Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Compartilhe
    avatar
    Juuh
    Encosto
    Encosto

    Mensagens : 55
    Data de inscrição : 07/02/2013
    Localização : Highway to Hell

    Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Mensagem por Juuh em Ter Ago 06, 2013 7:44 pm

    Uma corrente de ar frio passou por minha nuca. Senti-me amedrontada, como se os meus mais terríveis espectros tivessem se consolidado, mas não vi motivo para tal sensação. Afinal, eu estava em um condomínio totalmente fechado e seguro. Papai dizia que isso traria-me segurança, mas simplesmente não trouxe. Qualquer lugar onde eu vá, o que quer que eu faça, não há jeito de escapar do medo que atormenta-me nas noites solitárias de penumbra.
     Estava em frente ao computador encolhida junto a um cobertor cor-de-rosa que ganhara quando tinha sete anos. Estava conversando com pessoas desconhecidas pelo chat de um fórum de terror.
     De repente, uma janelinha no canto direito da tela acendeu. Era um aviso de que tinha recebido um e-mail.
     Abri a caixa de entrada e me deparei com um e-mail cujo autor era desconhecido. No espaço que era para ser o assunto, não havia nada mais, nada menos, que um clarão.
     Abri o e-mail. Lá dizia o seguinte:
     "Está presa pelo tédio? Quer jogar um jogo?"
     O e-mail acabava ali. O que eu iria fazer? Responder a um estranho pelo meu e-mail pessoal? Preferi não me arriscar.
     Recebi outro e-mail:
     "Vamos, responda-me. Sim ou não?" 
     Logo em seguida, recebi outro:
     "Eu sei que está aí. Eu sei que você está em seu quarto."
     Resolvi responder para aquele ser maldito parar de encher o meu saco.
     "E quem não estaria? São quatro horas da manhã."
     "Bem, eu não estou no meu quarto."
     "O que você quer, hein?"
     "Quero que você me responda. Sim ou não?"
     "Se eu quero jogar um jogo? O que eu ganho com isso?"
     "Garota esperta. Você sabe que há sempre um prêmio."
     "Quero saber qual é."
     "Sua vida."
     "Não estou para brincadeiras. Diga-me logo, idiota."
     "Olhe pela sua janela."
     Fiquei curiosa, então fui até a janela. Não havia nada lá.
     "Não há nada."
     "Muito bem, parece que não é tão esperta quanto eu pensei..."
     "O que quer dizer com isso?"
     "Acabo de confirmar qual é a sua casa. Que comece o jogo."
     Tentei enviar outros e-mails, mas sempre dava na mesma: "e-mail inexistente".
     Estava em pânico. Queria me convencer de que era apenas uma brincadeira de um babaca qualquer, mas eu sabia que não era.
     Soube que não era quando ouvi batidas na porta da sala de estar, que ficava no primeiro andar. O medo me consumiu.
     Teria de ser forte, pois se o que aquele cara disse for verdade, minha vida poderia estar em risco.
     Segui o método dos seriados policiais e fui até a cozinha pegar uma faca. Fiz tudo o que eu dizia para os personagens de filmes de terror fazerem. Estava pronta para qualquer invasão.
     "toc, toc, toc..."
     Cada vez as batidas iam ficando mais fortes. Até que as batidas cessaram, o que me aliviou.
     Voltei para o meu quarto, ainda com a faca na mão. Quando cheguei, deparei-me com um grande monstro preto, de olhos vermelhos que pareciam mais com poças de sangue.
     "Sua janela estava aberta. Você me deixou entrar."
     "N-não! Afaste-se! Eu tenho uma faca e não tenho medo de usá-la!"
     "Eu não vim aqui para te machucar, vim aqui para brincar. Vou brincar eternamente com você."
     "O quê!? Eu disse para você se afastar!"
     O monstro nunca se afastou de mim. Todas as noites, ele vem até o meu quarto e fica lá, me observando. Eu não sou a única que ele observa, apenas libertei ele e o tenho como a minha punição eterna. Ele observa a todos, todas as horas, todos os dias.
     Por isso eu aviso, se ele ainda não veio até a sua casa, não a deixe aberta. Ele considera isso um convite.
     Se ele já entrou na sua casa, não tem jeito. Ele te matará em breve. Você é apenas mais um cujo sangue irá ficar penetrado naqueles malditos olhos vermelhhdghn.,wmffubj.,,...soc..................lwfkhkl.wehjeikkmwnehugyeiqbjnkdohiaugvibqjeknm;............mdalvjkohiegqknl,.mdmvaçlgejopquiyesocorhknsmlçjGOPWQHIWKKNhnjbgiyfhvbnkm.,.....................jhiugbgyufvhbjifmeajudeyuchvjbkyuvjbkgyfuvhbjnkbucgvbgifutdyguhigfdtfygguftdrsytiugfdsrdtfyguhigudtsydfggfdyfgfgbnlkkkkkk..............ljugiytudcgvh ;;;;;;;;çnlbyfitdurystz socorrkojihugiyfvhbjgiyfdstxcgvhbnbgfdgshdhgwbnshdgsbejdhhendhnaoongdbns
     ADEUS, ANNA. VOCÊ PERDEU O JOGO. 
     ALGUM DE VOCÊS QUER JOGAR? NÃO PRECISA NEM OLHAR PELA JANELA. APENAS OLHE PARA TRÁS.
    avatar
    porkaum
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 245
    Data de inscrição : 09/01/2013
    Idade : 20

    Re: Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Mensagem por porkaum em Ter Ago 06, 2013 9:03 pm

    Agora eu entendo o Dinho ouro-preto
    "Os velhos olhos vermelhos voltaram...♪♫"

     
    Perae,eu conheço essa personagem principal...


    _________________
    Uma foto minha assusta mais que qualquer filme de terror.
    avatar
    Sone
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 248
    Data de inscrição : 16/07/2013
    Localização : Roma Capitale

    Re: Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Mensagem por Sone em Ter Ago 06, 2013 10:13 pm

    Muito boa a histor... Pera... Chat de um fórum de terror... Eu conheço isso de algum lugar...


    _________________
    Empty Mind
    avatar
    raulplay
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 258
    Data de inscrição : 15/07/2013
    Idade : 17
    Localização : na pqp

    Re: Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Mensagem por raulplay em Qua Ago 07, 2013 11:56 am

    muito foda vei


    _________________
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    SABE O LADO RUIM DE TE MATAR?
    É QUE EU SÓ POSSO FAZER ISSO UMA VEZ

    Conteúdo patrocinado

    Re: Aqueles Malditos Olhos Vermelhos

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 11:27 am