Subway Surfers

    Compartilhe
    avatar
    Duda
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 24
    Data de inscrição : 15/01/2013
    Idade : 18
    Localização : Highway to Hell

    Subway Surfers

    Mensagem por Duda em Dom Nov 24, 2013 3:01 pm


    Joseph era um menino comum com seus 16 anos e vivia no centro de Vancouver, era viciado em seu jogo no celular chamado "Subway surfers".

    Ele passava horas sentado na sua cama jogando aquele jogo dia inteiro, não tinha muitos amigos e o relacionamento dele com sua família não era bom. Vivia brigando com seu irmão mais velho e com seus pais, e preferia seu jogo a viver com aquelas pessoas medíocres.

    Se trancava no seu quarto e ficava o dia inteiro jogando sem ligar para as horas, virava noites jogando e não ia mais a escola e toda vez que ia arranjava briga com alguém. certa noite no jantar, por volta das 21:00 do dia 16 de setembro de 2011, ele ouviu no jornal local que a garota por quem ele era apaixonado havia desaparecido, mas a polícia nem ninguém sabia como ela tinha desaparecido, nem tinham pistas de onde ela poderia estar.

    Joseph triste, se trancou em seu quarto e começou a jogar o seu jogo preferido.

    -Por que a minha vida tem que ser tão difícil? seria melhor viver dentro desse jogo a ter uma vida assim-
    De repente as luzes piscaram e Joseph ouviu uma voz vindo do seu celular e a tela começando a "Chuviscar"
    -Tem certeza do que fala menino?- apareceu o personagem principal do jogo na tela, com seu boné e uma lata de tinta em spray na mão. Joseph não achou esquisito aquilo, na verdade Joseph gostou e logo respondeu
    -Nunca tive tanta certeza na minha vida!- E então o celular e a luz do seu quarto apagaram de vez.
    Quando acenderam novamente, Joseph se viu em um trilho de trens cheio de trens parados, mas não eram trens comuns, pareciam abandonados e muitos deles já haviam capotado, e como no jogo, apareceram atrás dele o policial e seu cachorro, mas não eram normais, o policial estava sem um dos olhos e pelo olho que faltava escorria sangue e o cachorro também não era normal, não tinha focinho e metade de sua cara era carne viva, então o policial e o cachorro começaram a correr atrás de Joseph e Joseph, desesperado, começou a correr e gritar para alguém ajudá-lo, mas só havia Joseph, o policial e o cão. Então ainda correndo Joseph tropeçou nos trilhos e fraturou o tornozelo.
    -maldito tornozelo, tinha que quebrar logo agora?- então viu que o policial e o cão estavam em uma boa distância.
    Joseph se escondeu em baixo de um trem e esperou o cão e o policial passarem, quando Joseph se virou, deu de cara com um corpo em decomposição, e percebeu que ela era a garota desaparecida por quem ele era apaixonado. Joseph começou a chorar e gritar, abraçou o corpo e disse.
    -Agora nada vai nos separar- O policial e o cão viram ele de baixo do trem e o pegaram, o cão arrancou suas pernas e o policial arrancou os braços e começaram a saborear os membros do menino, só deixando a parte acima da cintura do menino sobrar, com a pouca força que ainda lhe restava, o menino voltou para de baixo do trem, se juntou a sua amada e disse.

    -Eu te encontrei, sabia que tinha feito uma boa escolha-


    _________________
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]




    "Uma Mente confusa, Olhos cansados, 
    Sempre pensando, Nunca demostrando,
    Depois que uma pessoa começa a questionar a vida, 
    Ela passa a valer cada vez menos..." - Autor desconhecido

      Data/hora atual: Ter Jun 27, 2017 8:10 am