Inferno-Um futuro próximo

    Compartilhe
    avatar
    porkaum
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 245
    Data de inscrição : 09/01/2013
    Idade : 20

    Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por porkaum em Seg Jan 06, 2014 9:43 pm

    Acordei ás seis da manhã com meu despertador, levantei da cama, tomei um banho, café-da-manhã é um mito, uma lenda, que há alguns anos eu não experimento mais. Agora sou um velho solitário, no auge de meus 53 anos, não trabalho mais, consegui me aposentar por invalidez. Na cozinha, enquanto bebia um copo de água, olhei para o lado e vi um calendário eletrônico que exibia no visor:
     
    26/6/2056
    -Dia mundial da Carta das Nações Unidas
     
    “Mais um dia em comemoração á algo que não mais faz sentido” -pensei.
    Sai de meu apartamento pequeno. Se tivesse visto ele na minha infância, não gostaria dele, mas nos dias atuais um lar com três cômodos é um artigo de luxo. Desci o elevador, ao chegar no térreo o barulho era ensurdecedor para um normal, mas já nos acostumamos. Veículos buzinando e correndo, pessoas gritando. O número de pessoas era tão grande, que andar em áreas urbanas era como se eu estivesse numa legião romana com milhões de soldados em volta de mim. A minha cidade era a quinta menos populosa do estado, e tinha 6 milhões de habitantes.
    “Se não houvesse medicina, nada disso aconteceria” -gritava um homem cabeludo na rua. Mendigos eram frequentes  agora, em todas as cidades. Eu não mais me comovia ao ver crianças mortas jogadas nas ruas pois não podiam ser enterradas, e não falo, leitor, de uma criança de 10 anos de idade, e sim de uma criança de 10 meses, com o corpo jogado em frente ao meu prédio ,morto. Isso agora era comum, as mães matavam os filhos para que não vivessem em nosso mundo, As pessoas se matavam umas as outras, se suicidavam, ninguém queria viver em um planeta onde haviam 13 bilhões de pessoas.
    Eu era sortudo em ter uma casa, uma aposentadoria, mas minha existência era nula. Graças ás aposentadorias pagas aos mais velhos e aos incapacitados, os governos de todo o mundo faliam todos os dias. Todos os países estavam em um péssimo clima, a diplomacia não mais existia e uma guerra podia acontecer á qualquer momento. Mas pela primeira vez, seria uma boa guerra. As pessoas morreriam, e haveria pelo menos comida.
    Quando criança, vi pessoas morrendo de problemas cardíacos, morrendo engasgadas com vômito numa overdose. Nada mais existia. Não depois que o doutor Hitchkockman criou um remédio que cura praticamente tudo. Um xarope á base de carbono que cura doenças, cicatriza ferimentos em 6 horas e melhora defeitos na visão. A expectativa de vida chegava facilmente á 110 anos. Porém a natureza tentava se defender com violência. Fui várias vezes agredido, uma das vezes cortaram meu pênis, e alguns de meus dedos. Quase morri, mas a única coisa que me aconteceu é que agora sou manco, graças ao remédio de Hitchkockman
    Por qual motivo fui atacado? Fome.
    As pessoas que me atacaram, cozinharam meu pênis e meus dedos, e comeram enquanto eu gemia de dor no chão quente de concreto.
    O mundo agora, era uma versão em quatro dimensões do inferno.
    “Se os católicos tivessem usado camisinhas, vocês não estariam aqui. Se a ONU não tivesse impedido a guerra com a China, vocês seriam felizes com seus filhos, a Terra não estaria morrendo” -O mendigo continuava a gritar
    Logo três homens apareceram de um beco, o seguraram a força e o carregaram para dentro de beco. Ninguém se quer olhou para ele, como se nada existisse ali.
    Continuei andando, até chegar em uma loja. Entrei, comprei algo  e voltei para a casa com uma caixa de quase um metro nas mãos.
    Entrei em casa, abri a porta, depositei a caixa perto de uma janela, me apoiei nela e olhei as pessoas de cima do 5º andar. Via apenas cabeças passando em baixo de mim, como se fossem palitos de fósforos andantes agrupados na caixinha. Sim, os fósforos ainda existiam, o que não existia era a madeira para produzi-los.
    Para a maioria delas, Deus não mais existia. Há alguns poucos anos, apenas uma porcentagem de 6% da população ainda tinha alguma crença. Mas dos outros 94%,70 eram religiosos até 5 anos atrás.
    Deus havia prometido, mas não seria de malgrado ele descumprir a promessa e mandar outro dilúvio, esse seria um presente para a humanidade.
    “Hoje, aliviarei a dor dessas pessoas” -pensei.
    Abri a caixa em meus pés, tirei de lá os explosivos e comecei a arremessa-los o mais longe que pude, a cada explosão, dez pessoas caíam no chão.
    Os governos tinham liberado o comércio de armas em quase todos os países, as drogas não eram mais um tabu. Como se os líderes mundiais pedissem para morrermos.
    Após atirar todas os explosivos da caixa, tirei do fundo dela, em uma área separada por um isopor pintado de preto, um revólver.
    Minha garganta queimava enquanto a bala passava por ela, mas dentro de poucos segundos o mundo começava a escurecer.
    Sete minutos, é o tempo que o cérebro permanece a funcionar após o coração terminar de bater. Não conseguia me mover, mas senti o sangue quente escorrer para minha boca como um chá com sal. Enquanto o mar de cadáveres do térreo escurecia em minha visão, senti o vento bater por todo meu corpo, até me chocar com o chão, e por mais sete minutos, a única coisa que senti foi dor, por todo o corpo.
    Hitchkockman não mais me salvaria.
     
    Acordei com o barulho do despertador de meu iphone 7.Por enquanto eu era um jovem de 20 anos, mas o sonho era muito real, e aquele velho com certeza era eu. Olhei pela janela do sétimo andar que morava, e em plenas sete horas da manhã, havia muita gente na rua, mais gente do que havia ontem, a população aumentava e o inferno estava começando.

    Olhei para o criado-mudo branco ao lado da cama e vi em cima dele,um livro com a capa cheia de imagens, uma foto de Florença (Itália),o nome Dan Brown escrito no topo,a palavra Inferno na parte debaixo. Era o livro que roubei de meu falecido pai.



    Sei que é bastante texto.Ficou longo esse daí.


    _________________
    Uma foto minha assusta mais que qualquer filme de terror.
    avatar
    fallen angel
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 29
    Data de inscrição : 06/11/2012
    Localização : Heaven

    Re: Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por fallen angel em Ter Jan 07, 2014 12:25 am

    CARALHO (Me desculpa, Me empolguei.) Cara ficou muito massa a historia, Parabéns, Acho que foi a primeira historia que eu li do forum, Que me deu vontade de ler novamente e novamente e novamente... Poderia me estender por 20 linhas o por que achei o texto tão bom... Unica parte que eu sempre dou risada e a parte dos caras morrendo de fome... Eram famintos de fome e gays  por cima =P ... E o final ficou muito bacana, Parabéns mesmo.
    PS: Acertou o titulo dessa vez hahaha, E cara queria falar nada não mas o dia mundial das nações unidas e 24 de outubro, Se quiser editar ae, fica a dica.


    _________________
    Ezequiel 25:17 O caminho do homem justo é cercado por todos os lados, pela tirania dos homens maus e iniqüidade dos egoístas. Abençoado àquele que em nome da caridade e da boa vontade conduz os fracos através do vale das trevas, leva consigo seus irmãos e acha a última ovelha desgarrada. E eu atingirei com raiva furiosa e vingança grandiosa àqueles que tentarem envenenar e destruir meus irmãos. E você saberá que meu nome é Senhor quando minha lei se abater sobre vós.
    I dont want another lover  So don't keep holding out your hands  There's no room beside me  I'm not looking for romance  Say i'll be here I'll be here  But there's no way you'd understand  All I want  I do not know
    avatar
    porkaum
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 245
    Data de inscrição : 09/01/2013
    Idade : 20

    Re: Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por porkaum em Ter Jan 07, 2014 9:35 am

    Cara,obrigado.
    Mas o dia da "Carta das nações unidas" é dia 26 de junho,quando foi escrito o regulamento que define "o que é a ONU".
    Dia 26 se comemora a carta,dia 24 a organização no geral.


    Muito obrigado mesmo.


    _________________
    Uma foto minha assusta mais que qualquer filme de terror.
    avatar
    porkaum
    Vampiro
    Vampiro

    Mensagens : 245
    Data de inscrição : 09/01/2013
    Idade : 20

    Re: Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por porkaum em Sex Jan 10, 2014 7:28 pm

    Visistem meu blog,o texto Inferno já está lá:
    http://nacaonociva.blogspot.com.br/


    _________________
    Uma foto minha assusta mais que qualquer filme de terror.
    avatar
    Hydro
    Admin

    Mensagens : 280
    Data de inscrição : 28/04/2013
    Idade : 17

    Re: Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por Hydro em Seg Jan 13, 2014 9:58 am

    que foda porkaum, tu escreve mt bem Razz

    Conteúdo patrocinado

    Re: Inferno-Um futuro próximo

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom Out 22, 2017 4:17 am