Young killer[Capítulo 9: A primeira vitíma.]

    Compartilhe
    avatar
    jodzin
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 39
    Data de inscrição : 29/11/2012
    Localização : Inferno

    Young killer[Capítulo 9: A primeira vitíma.]

    Mensagem por jodzin em Sex Dez 14, 2012 8:21 am

    Ricky ajudou Elenna a invadir a casa de uma garota, que aparentava ter 12 anos. Após invadir, foram atrás da garota. Quando entraram no quarto da garota, a garota falou, assustada:
    - Quem são vocês?
    - Assassinos. - Disse Elenna.
    - Saiam daqui... Saiam daqui... Saiam daqui... - A garota gritava.
    - Cale a boca. - Disse Elenna, pulando em cima da garota, e tampando a boca dela.
    - Ahhh! ... - A garota tentava falar.
    Elenna começou a torturar a garota, e o primeiro passo dela foi cortar a mão da garota fora. A garota, começou a berrar, e chorar. Elenna tirou a mão da boca da garota e a garota falou:
    - Por favor, para. O que eu fiz para você?
    Elenna não respondeu. Só passou a faca no rosto da garota, o cortando levemente.
    - Ai, ai, ai... - A garota berrava. - Por favor, para.
    Elenna então tampou a boca da garota novamente e começou a passar a faca no peitos da garota
    - Gostei de você. - Disse Elenna, rindo e tirando a mão da boca da garota. - Quantos anos você tem?
    A garota ficou calada.
    - Responda, merda. - Disse Elenna
    - 13. - Disse a garota.
    - Como é o seu nome? - Elenna perguntou.
    Antes que a garota pudesse responder, Ricky falou:
    - Rapido, não temos tanto tempo.
    - Tá bom, amor. - Disse Elenna.
    Elenna foi perto da orelha da garota e falou:
    - Me desculpe.
    Elenna então tampou a boca da garota e enfencou a faca no coração dela. Então após isso Ricky e Elenna sairam da casa. Após sua primeira vitima, Elenna ficou toda feliz.
    - Obrigada, Ricky. - Elenna falou, dando um beijo na boca de Ricky.
    - O que eu fiz? - Ricky perguntou.
    - Me ajudou a matar a garota. Me ensinou tudo que você sabe. - Disse Elenna.
    Ricky apenas ficou quieto e foi até a casa de Elenna, e deixou ela lá, então após sair da casa de Elenna, Ricky olhou para o relógio e viu que não era muito tarde. Era quase 22 horas. Ele ia ver se encontrava alguém para matar. Ricky andava tranquilamente por uma rua pouco movimentada, e viu duas garotas que aparentava ter 18 anos. E estavam bem vestida. Ricky, então colocou a mascara e um capuz. E foi de cabeça baixa. Para que não percebessem a mascara. Após passar pelas garotas, que estavam com um pouco de medo. Ricky sacou a faca, e se virou e cortou a garganta de uma. A outra com medo tirou o salto alto e começou a correr, mas Ricky era mais rapido e alcanço ela. Ricky então a derrubou e a matou, mas por vontade propria, Ricky cortou sua roupa toda e deixou ela pelada. Após amanhecer, foi logo ver as noticias. E descobriu que haviam 2 assassinatos. E o dele ainda não estava lá. Logo percebeu que os dois que haviam aparecido era da mesma pessoa, e logo imaginou, "Elenna.". Chegando na escola foi direto falar com Elenna.
    - Você matou outra pessoa, depois que sai? - Ricky perguntou, com um tom de voz bravo.
    - Sim. - Disse Elenna. - Mas não se preocupe, fiz tudo como você me ensinou.
    - Espero... - Disse Ricky, saindo do terraço.
    - Não deveria ter ensinado dela, terei que mata-la. Ele é um perigo para mim. - Ricky pensava, enquanto ia para o banheiro.
    Ricky chegou no banheiro e se encontrou com Bart.
    - E ai. - Disse Bart.
    - E ai. - Disse Ricky.
    - Você parece estar bravo o que aconteceu? - Bart perguntou. - Brigou com Elenna?
    - Como você sabe da Elenna. - Disse Ricky.
    - Cara, a escola toda já sabe. Você se beijam direto. - Disse Bart, rindo. - Como você que esconder isso. Tá me responde lá, briga-se com ela?
    - Quem? - Disse Ricky, sem prestar atenção.
    - Elenna, merda. - Disse Bart.
    - Sim. - Disse Ricky.
    - O que aconteceu? - Bart perguntou.
    - Nada não. - Disse Ricky. - Erro meu, vou ir lá falar com ela.
    Ricky não havia errado, mas tinha medo que Elenna conta-se quem era ele a policia. Mas sabia que ela também tinha chance de ser presa, se caso conta-se, mas mesmo assim tinha medo.
    - Me desculpa. - Disse Ricky, após chegar perto dela.
    - Foi nada não. - Disse Elenna. - Eu errei, não devia ter feito a vitima no mesmo dia.
    - Isso não tem problema, a vida é sua mesmo. - Disse Ricky. - Desde que não me coloque no meio, está de boa.
    - Tá. - Elenna responde.
    E logo bateu o sino. Após terminar todas as aulas. Ricky queria fazer algo pior dessa vez, tipo, estrupar e depois matar. Ricky então foi atrás de alguma garota. Encontrou uma garota de 15 anos, e foi até a casa dela. E descobriu que ela estava sozinha. Invadiu a casa, e foi para o quarto da garota. A garota estava calmamente, mechendo no computador. Assistindo seriado. Ricky chegou atrás dela, e a puxou da cadeira, fazendo que ela caisse no chão, Ricky então cortou a roupa dela toda e começou a estrupa-la.
    - Para... Por favor. - Dizia a garota. - Minha virgindade...
    Após estrupar a garota, Ricky então falou:
    - Adeus. Até que foi bom.
    E cortou sua garganta. Ricky então ao tentar sair da casa, percebeu que um homem que aparentava ter 20 anos, chegou com uma garota de uns 18 anos. E entraram. Chamaram pela garota e pensaram que ela não estava, e foram em direção a um quarto. O quarto bem ao lado do que o Ricky estava e entraram, Ricky então só escutou a chave gira, trancando a porta. Ricky então foi até a porta e escutou:
    - Vamos rapido, antes que minha irmã chegue.
    - Tá.
    Ricky então aproveitou e fugiu da casa.

      Data/hora atual: Qua Out 24, 2018 1:11 am