Young killer[Capítulo 12: FBI.]

    Compartilhe
    avatar
    jodzin
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 39
    Data de inscrição : 29/11/2012
    Localização : Inferno

    Young killer[Capítulo 12: FBI.]

    Mensagem por jodzin em Qui Dez 20, 2012 8:07 pm

    O "Young killer" recebeu visitas. Agora um detetive da FBI, ajudaria no caso. Ricky acabou ficando desesperado, pois a FBI devia ser muito "foda". Mas mesmo assim, não fez o Ricky desistir, uma semana após o detetive da FBI chegar, Ricky já havia matado duas garotas. Logo os detetives, começaram a questionar isso.
    - Por que o "Young killer" tentou matar aquelas garotos, sendo que ele só mata garotas? - Disse o agente da FBI.
    - Não sei, pode ter cometido um engano. - Disse um dos detetives. - Pois na casa tem aquela garotinha de 8 anos. Pode ter achado que estava em casa.
    - Não sei. Ele só cometeu um erro até hoje, não cometeria duas vezes, tenho certeza. - Disse o agente da FBI. - Mas meu principal suspeito é o garoto, é... ahn... como é o nome dele?
    - Ricky? - Disse o detetive.
    - Isso.
    - Não sei, ele estava todo desesperado com a morte do seu amigo. - Disse o detetive.
    - Mais por que a morte gira apenas ao redor dele? - Disse o agente da FBI. - Olha só, aquela tal de Cecilia, que supostamente era namorada dele, morreu. A outra, que eu não me lembro o nome, também morreu. E agora seu melhor amigo. Ou, então o "Young killer" está perseguindo ele.
    Ricky estava mais calmo, após perceber que a policia ainda não havia descobrido quem era ele. Ricky acreditava que a FBI seria mais foda, mas percebeu que não. Até quando leu o jornal. "A policia, com o agente da FBI, dizem que já tem a pista de quem é o "Young killer" e faram de tudo para tentar descobrir.". O coração de Ricky começou a bater forte. A campanhia tocou e Ricky já olhou desesperado para porta, pensando que era a policia. Logo quando sua mãe abriu a porta, viu que era apenas seu vizinho. Sua irmãzinha convidou para brincar com ela. Ricky apenas aceitou. Enquanto brincava com sua irmãzinha, não conseguia parar de pensar, em coisa estranha. Ricky passou a olhar para sua irmã com um olhar de desprezo, com uma vontade de mata-la. Sua mãe não estava em casa, Ricky desceu as escadas, e pegou uma faca na cozinha, chegou perto da sua irmã e enfencou a faca nela, 15 vezes.
    - Morra, vadia. Morra... - Dizia Ricky, enquanto enfencava a faca nela.
    Ricky então começou a rir, sem parar. Até que a sua mãe chegou. Sua mãe entrou ao subir a escadas, viu Ricky todo sujo de sangue.
    - Ricky... - Disse sua mãe, assustado.
    - Olá mãe. - Disse Ricky.
    - Nã-a-o me d-ig-a q-ue voc-ê-e é o "You-ng kill-er". - Disse sua mãe.
    - Sou sim, mãe. - Disse Ricky.
    Pulando em cima de sua mãe e enfencando a faca varias vezes em seu peito.
    - Sou sim, vadia. - Dizia Ricky.
    Ricky começou a rir alto, e logo jogou todas as suas roupas no chão e vestiu outras. E depois saiu da casa, correndo. Se escondeu numa floresta e ficou lá, rindo, que nem um retardado. Após descobrirem que a familia de Ricky havia morrido, e Ricky havia sumido. Não restava mais duvidas que Ricky era o "Young killer".
    - Ricky é o nosso maior suspeito de ser o "Young killer". - Disse o detetive.
    - Não acho que o "Young killer" cometeria um erro desse. - Disse o agente da FBI. - Ricky Martin, para mim, era o alvo principal do "Young killer". Temos que procurar algum pessoa que odeiei muito Ricky, para fazer isso com ele.
    - Todos cometem erros. - Disse o detetive.
    - Mas não o "Young killer". Ele não seria tão estupido de cometer um erro desse. - Disse o agente do FBI.
    - Ele é apenas um garoto de 16 anos, praticamente deve ter enloquecido quando soube que a FBI estava na cidade. Pois, ele mesmo não imaginaria que a FBI viria, para comandar esse caso. - Disse o detetive.
    - O unico jeito de saber é descobrir, onde Ricky está e o que ele esta fazendo. - Disse o agente da FBI.
    - Quero pelo menos uns 20 ou 30 policiais atrás de Ricky Martin. - Disse o detetive. - Tratem de acha-lo. E tragam-o até a delegacia.
    Ricky então se preparava para matar uma familia. Havia 3 pessoas, um homem, uma mulher e uma garota. Ricky entrou na casa, e matou o cara. Depois subiu a escada e matou a mulher e depois foi até o banheiro, que tinha no quarto da garota. Onde ela estava tomando banho. Esperou ela sair do banheiro e atacou ela. Ela estava enrolada numa toalha. Ricky ao ataca-la, fez que sua toalha caisse, mostrando seu corpo. Ricky então, tampo a boca da garota e colocou a faca em sua vagina. Enfiando a faca lá dentro e cortando a berrada, a garota gritava de dor. Ricky chegou perto de seu rosto e falou:
    - Estás gostando? É, bom não é?
    Ricky então passou levemente a faca em seu peito e depois começou a corta-lo.
    - Não, não... - Dizia a garota, mas o sonho sai baixo e abafado.
    - Lindos peitos. - Disse Ricky, lambendo um deles. - Mas eu não to nem ai.
    Então Ricky começou a esfaquia-la.
    - Morra... Morra... Morra... Morra... Morra. - Ricky gritava. - Sua vaca.
    Após matar a garota, Ricky saiu da casa, e sumiu.
    avatar
    7th
    Babaca
    Babaca

    Mensagens : 186
    Data de inscrição : 21/10/2012
    Idade : 1005
    Localização : R’Lyeh

    Re: Young killer[Capítulo 12: FBI.]

    Mensagem por 7th em Seg Dez 24, 2012 8:33 pm

    Você criou a sua fan fic completamente fora das regras descritas no tópico principal da área.

    Você tem ate o dia 27 para regularizar a situação dos topicos, isto é

    -Criar um tópico único juntando todos os episódios, (seguindo as regras do tópico principal) e deletar os outros.

    +10 WARN


    _________________
    [Somente administradores podem ver esta imagem]

      Data/hora atual: Seg Dez 17, 2018 6:52 am