Young killer[Capítulo 11: "Lord Destroyer", quem será ele?]

    Compartilhe
    avatar
    jodzin
    Iniciado
    Iniciado

    Mensagens : 39
    Data de inscrição : 29/11/2012
    Localização : Inferno

    Young killer[Capítulo 11: "Lord Destroyer", quem será ele?]

    Mensagem por jodzin em Qua Dez 19, 2012 7:51 pm

    Ricky estava atrás de uma vitima sua. Era umas 9 da noite, Ricky encontra uma garota, sentada em um banco numa praçinha, umas duas quadras de sua casa. Ricky passou por ela devagar, e depois viu que a garota estava lendo um livro. Ricky então coloca a faca em sua garganta e fala:
    - Adeus.
    A garota arrega-lo o olho e quando pensa em gritar, Ricky corta sua garganta. Logo sua mãe e seu pai aparecem e vê que Ricky esfaqueiou sua filha, mas como estava com uma mascara, não sabiam quem era. O pai da garota correu atrás de Ricky e falou para sua esposa:
    - Liga para a policia, vou tentar pega-lo.
    Ricky então correu para a floresta, o cara foi atrás dele. Mas perdeu Ricky de vista, ficou tentando achar Ricky. Mas sem saber, Ricky apareceu atrás dele, e passou a faca em sua garganta. Ricky olha para o cara e fala:
    - Você que ver minha verdadeira face.
    Ricky então tira a mascara e fala:
    - Olá.
    - M-a-l-d... - Disse o cara, que não conseguiu completar a palavra.
    - Adeus. - Disse Ricky, colocando novamente a mascará.
    Ricky então sai correndo. A policia chega uns 10 minutos depois, mas Ricky já havia sumido. Ao chegar em casa, sua mãe fala:
    - Não quero mais ve-lo na rua esse horário.
    - Que que tem? - Diz Ricky.
    - O serial killer, "Young killer" ainda tá solto. Fico preocupada. - Disse sua mãe.
    - Tá bom. - Disse Ricky, subindo as escadas.
    - Vadia. - Pensa Ricky. - Ela nem ao menos sabe que eu sou o "Young killer".
    Ricky entrou no site. E logo deu de cara com uma mensagem privada em seu perfil. Logo foi ler e estava escrito.
    - Eu sei quem é você é o "Young killer", Ricky.
    Ricky ficou desesperado, pois no site, não tinha seu nome verdadeiro. Isso era estranho, ou essa pessoa era alguém zuando, ou alguém realmente sabia que ele era o "Y.K".
    - Quem será ele? - Pensou Ricky.
    Ricky então olhou o nome dele, "Lord Destroyer".
    - "Lord Destroyer", quem será? Nome mais escroto. - Pensou Ricky.
    Foi até seu perfil, mas estava em branco.
    - Maldito. - Pensou. - Eu preciso descobrir quem é ele, o mais rapido possivel.
    Ao amanhecer, Ricky estava muito bravo, não tinha nem conseguido dormir. "Ricky, eu sei que você é o "Young killer".", isso era apenas o que vinha na cabeça de Ricky. Sua mãe falava com Ricky, mas ele nem ao menos prestava atenção, até que deu um tapa em cima da mesa.
    - Ahn?
    - Que tomar café? - Perguntou sua mãe.
    - Ahn... É... é... - Disse Ricky.
    - É... é, o que? - Disse sua mãe.
    - Não. - Disse Ricky.
    - Demorou para responder hein. - Disse sua mãe.
    - Desculpe. - Disse Ricky.
    Sua irmãzinha logo apareceu chamando ele para brincar.
    - Vamos brincar, mano? - Disse sua irmã.
    - Não, estou muito ocupado. - Disse Ricky, se levantando da mesa. - Vou ir dar uma volta.
    - Ah! Para sair você tem tempo. Mas para brincar com sua irmãzinha não né. - Disse sua mãe.
    - Não. - Disse Ricky, indo em direção a saida.
    Após sair, percebeu que era um bom momento para pensar em como descobrir quem era o "Lord Destroyer". Era uma manhã, com um friozinho gostoso(Era o clima preferido de Ricky).
    - Como farei para descobrir quem é ele? - Pensava Ricky.
    Depois de uns 8 minutos, Ricky estava sentado no banco da praça, só pensando e logo apareceu Bart.
    - E ai. - Disse Bart, sentando no lado do Ricky.
    - Como você me achou? - Ricky pergunta.
    - Passei na sua casa, e sua mãe disse que você havia ido dar uma volta, então vi apenas nessa direção e acabei dando de "cara" com você. - Disse Bart. - Então fazendo o que? - Perguntou.
    - Nada, apenas pensando sobre a vida. - Disse Ricky.
    Bart deu um sorrissinho e falou:
    - Algo está te incomodando?
    - Não. - Disse Ricky. - Apenas, não sei o que vou fazer da vida.
    - Apenas não sei o que vou fazer da vida, se caso for capturado pela policia. - Ricky pensou.
    - Ricky, você não vai ser capturado pela policia, pois antes eu te matarei. - Bart pensou. - Vou fazer você pagar pelo que fez com minha irmã, e com a "K.T" ou melhor com a Elenna.
    Ricky olhou para Bart, e falou:
    - O que é esse sorrissinho no rosto?
    - Nada, só to apenas pensando, onde será que está a Cecilia? Será que está num lugar bom? - Bart falou.
    - Não sei, eu espero que sim. - Disse Ricky.
    - Você não é bom em mentir né, Bart. - Pensou Ricky. - Será que você é o "Lord Destroyer". Deve ter uns 50% de chance.
    - Cara, vou ir para casa. Tá cada vez mais frio. - Disse Bart, se levantando.
    - Espera, vou junto com você. - Disse Ricky.
    Após chegar em casa, deitou e dormiu um pouco. Depois de umas duas horas de sono, se levantou e ligou o pc. Após ligar, havia uma mensagem privada. E foi ler e lá estava escrito.
    - Cuidado! Posso estar no seu lado nesse exato momento.
    Ricky após ler, deu um sorrissinho e pensou:
    - Cuidado! Pois você já pode estar em minha mão.
    Ao anoitecer, estava chuvendo. Sua mãe iria sair com sua irmãzinha. Sua mãe gritou a Ricky que estava lá em cima:
    - Ricky.
    Logo veio Ricky, que após ver Bart, arrega-lo os olhos. Continuou no segundo andar, olha para baixo, onde Bart estava, que era no começo da escada.
    - Bart veio dormir aqui, querido. - Disse sua mãe. - Se cuidam, já estou indo. Daqui uma hora mais ou menos eu volto.
    - Tá bom, Sra. Martin. - Disse Bart. - Nós vamos se cuidar.
    - Tá bom, tchau. - Disse a mãe de Ricky, saindo.
    Após ela sair, Bart olhou para Ricky e falou:
    - Olá Ricky, ou melhor, "Young killer".
    Ricky sorriu e falou:
    - Olá "Lord Destroyer".
    Bart tirou a faca, e Ricky sacou sua faca. Bart, então, olhou para o Ricky, chorando e falou:
    - Por que Ricky? Por que? Antes de te matar, só queria saber o por que você fez isso... Hein Ricky, por que?
    - Porque... - Disse Ricky. - Porque o mundo me fez assim, Bart.
    - O mundo não te fez porra nenhuma, Ricky. - Disse Bart. - O mundo não te fez porra nenhuma...
    - Claro, que fez... Ele me transformou no monstro que eu sou agora. - Disse Ricky.
    - Não, Ricky... - Disse Bart.
    - Não?... - Disse Ricky, gritando. - Não o caralho.
    - Cala a boca, merda. - Disse Bart, gritando o mais alto que ele podia. - Cala boca... Cala boca... Cala boca... Bostaaaa.
    - O mundo não te fez nada, Ricky. Você que fez a ele... Você matou pessoas inocentes, pessoas boas... Pessoas que gostariam de te conhecer. Você que não interagi com elas. Há varias pessoas por ai, querendo falar com você. Muitas pessoas acham você estranho, mas nem todas. Nem todas... Merda... - Disse Bart.
    - Tsh...
    - Um exemplo deles, era a Cecilia, você não sabe o quanto ela te amava, só falava de você. Ela te amava muito, Ricky. - Disse Bart. - Mas o que você faz... Hein, o que você faz... Você a mata. Cortando sua garganta. E desde então, fiz uma promessa a ela, iria descobrir quem era o "Young killer", mesmo que demora-se 5 ou 10 anos, ou até mais. Eu iria descobrir e me vingar. Iria mata-lo. E olha só, estou cara-a-cara com o "Young killer", que na real era o proprio namorado dela. Eu te odeio, Ricky. O mundo todo te odeia.
    - E eu com isso? Cecilia, era apenas uma garota. Nem ao menos gostava dela. Só queria come-la. - Disse Ricky.
    - Você é um idiota, Ricky. Uma garota que faria tudo por você e você faz o que, mata ela. E qual era o seu objetivo com ela... Apenas come-la. - Disse Bart. - Que lindo, Ricky.
    - A vida é minha, Bart. Você não pode interferir. Eu matei ela por que eu quis. E também vou te matar. - Disse Ricky, descendo as escadas.
    - Pode vim. - Disse Bart. - Eu acabarei com você, Ricky. Não sabe a quanto tempo, espero por isso.
    - Eu que vou acabar com você, Bart. - Disse Ricky.
    Após chegar ao ultimo degrau da escada, Ricky ataca Bart, mas Bart desvia, e consegui arranhar o braço do Ricky. Ricky ataca novamente, acertando levemente a bochecha de Bart, que começa a sangrar. Bart começa a se desesperar, por causa de um corte. E começa atacar Ricky, sem parar, e sem prestar nenhuma atenção. Consegui machucar o olho de Ricky, que acaba gritando:
    - Meu olho... AHHHHHHH!... Meu olho, merda...
    Bart entra em desespero, e acaba soltando a faca e caindo de joelhos no chão.
    - Eu não consigo. - Bart sussurrou a si mesmo. - Eu não consigo. Eu sou fraco.
    Ricky então olha para Bart e enfenca a faca no peito do Bart.
    - Adeus, amigo. - Disse Ricky.
    - Me desculpe, Cecilia... Mas eu não consegui. - Bart pensou.
    Ricky tinha que fazer um jeito de arrumar aquilo, fazer que o "Young killer" havia passado naquela casa. Ricky então limpou o sangue do chão e subiu a escada, e depois deixou o sangue que saia do seu olho, pingar no chão. E depois ligou para sua mãe e para a policia. Após a policia chegar, foi logo falar com Ricky.
    - O que aconteceu?
    - "Young killer" passou por aqui. Ele me atacou. Mas viu que não conseguiria me matar e fugiu. Mas consegui cortar meu olho, e meu braço. Mas, Bart morreu. - Disse Ricky.
    Após toda a confusão, Ricky foi ao medico, e descobriu que havia perdido a visão do olho direito.
    - Maldito, Bart. - Pensou, após descobrir sobre o olho.

      Data/hora atual: Seg Dez 17, 2018 8:12 am